Todo Dia

Probióticos são aliados
das crianças no retorno
às aulas

A importância de fortalecer e equilibrar o sistema imunológico das crianças ganhou relevância em tempos de pandemia por Covid-19. Preparar os filhos para o retorno às aulas presenciais é uma questão que vai além de medidas de proteção, como lavar as mãos, uso de máscara e álcool em gel. 1 É preciso pensar na imunidade.

Boa alimentação e hidratação são fundamentais no dia a dia dos pequenos. No entanto, crianças na fase pré-escolar, entre 2 e 5 anos de idade, ainda têm imunidade mais baixa e costumam ser acometidas por infecções respiratórias, como gripes e resfriados.  Quem tem filho sabe que isso acontece.

Nesse cenário atual, após meses de isolamento social, para que o organismo fique menos vulnerável a doenças na volta às aulas, os probióticos podem desempenhar um papel relevante.  Probióticos são microrganismos vivos que, quando administrados em quantidades adequadas, conferem benefício à saúde.

“O papel dos probióticos nas crianças é ajudar a criar anticorpos, fortalecer as células de defesa do organismo, porque na infância há mais ocorrências de infecções respiratórias e gastrointestinais. Entre 2 e 5 anos,  principalmente, elas ainda não têm imunidade adequada.  O objetivo é reduzir essa quantidade de infecções”, explica o pediatra, alergista e imunologista Bruno Barreto, doutor em Ciências pela Universidade Federal de São Paulo. 2

O ideal, segundo o médico, é usar o probiótico diariamente,  quando há intenção de fortalecimento da imunidade a médio e longo prazos.


Referências

  1. Ministério da Saúde. Tem dúvidas sobre o coronavírus? O Ministério da Saúde te responde! [Internet]. Acessado em: 10 jun 2020. Disponível em: <https://www.saude.gov.br/images/pdf/2020/April/07/Cartilha-Coronavirus-Informacoes-.pdf>.
  2. Takiishi T, et al. Intestinal barrier and gut microbiota: Shaping our immune responses throughout life. Tissue Barriers. 2017;5(4):e1373208.