Buscar
Cultive Seu Melhor

Quando procurar um nutricionista?

Quando procurar um nutricionista?

Se você tem algum problema de saúde que exige controlar a alimentação, alguma deficiência nutricional, não consegue emagrecer ou ganhar um pouco peso ou quer adotar um estilo restritivo de alimentação, como o veganismo, é muito importante procurar um nutricionista. Pois ele é o profissional habilitado a prescrever dietas equilibradas em calorias e nutrientes de acordo com a realidade e a necessidade de cada pessoa. Continue a leitura para saber mais sobre o que faz um nutricionista!

O que faz um nutricionista?

O profissional da nutrição é habilitado a prescrever dietas equilibradas em calorias e nutrientes de acordo com a realidade e a necessidade de cada pessoa, com o objetivo de promover a saúde por meio da alimentação saudável. O que pode, inclusive, compreender a indicação do uso de alimentos probióticos na rotina e de suplementos alimentares quando necessário. O nutricionista pode, também, cuidar do controle de ingredientes e das condições de higiene no preparo de alimentos.

  • Medicamentos – o nutricionista tem sua atividade restringida quando se trata de medicamentos, pois só quem pode prescrevê-los são os médicos.

A nutrição é um curso superior que tem duração média de quatro anos e está baseado nos estudos da bioquímica e fisiologia humana. Após concluir a graduação, o profissional será bacharel em nutrição, podendo ainda se especializar em cursos de pós-graduação. Conforme a legislação atual, o nutricionista pode atuar em seis áreas:

1. Nutrição em alimentação coletiva – pode planejar, organizar, dirigir, supervisionar e avaliar os serviços de alimentação e nutrição. Assim como realizar assistência e educação alimentar e nutricional à coletividade ou a indivíduos sadios ou enfermos em instituições públicas e privadas.

2. Nutrição clínica – pode prestar assistência nutricional e dietoterápica, promover educação nutricional, assim como prestar auditoria, consultoria e assessoria em nutrição e dietética. Além disso, pode planejar, coordenar, supervisionar e avaliar estudos dietéticos, prescrever suplementos nutricionais, solicitar exames laboratoriais, prestar assistência e treinamento especializado em alimentação e nutrição – seja para coletividades e indivíduos, sadios e enfermos, em instituições públicas e privadas, em consultório de nutrição e dietética e em domicílio.

3. Nutrição em esportes e exercício físico – pode, entre outras atribuições, avaliar e acompanhar o perfil físico, bioquímico e a composição corporal do atleta ou do desportista para elaborar o plano alimentar adequado à modalidade esportiva ou exercício físico desenvolvido, considerando as fases de manutenção, competição e recuperação.

4. Nutrição em saúde coletiva – pode organizar, coordenar, supervisionar e avaliar os serviços de nutrição, prestar assistência dietoterápica e promover a educação alimentar e nutricional a coletividades ou indivíduos – seja de pessoas sadias ou enfermas, em instituições públicas ou privadas, e em consultório de nutrição e dietética. Além disso, pode atuar no controle de qualidade de gêneros e produtos alimentícios e participar de inspeções sanitárias.

5. Nutrição na cadeia de produção, na indústria e no comércio de alimentos – pode elaborar informes técnico-científicos, gerenciar projetos de desenvolvimento de produtos alimentícios, prestar assistência e treinamento especializado em alimentação e nutrição. Também pode controlar a qualidade de gêneros e produtos alimentícios atuar em marketing e desenvolver estudos e trabalhos experimentais em alimentação e nutrição. Bem como proceder a análises relativas ao processamento de produtos alimentícios industrializados e prestar auditoria, consultoria e assessoria em nutrição e dietética.

6. área de nutrição no ensino, na pesquisa e na extensão – pode dirigir, coordenar e supervisionar cursos de graduação em nutrição. Assim como planejar, coordenar, supervisionar e avaliar estudos dietéticos, ensinar matérias profissionais dos cursos de graduação em nutrição e das disciplinas de nutrição e alimentação nos cursos de graduação da área de saúde e outras afins. Pode, ainda, realizar estudos e trabalhos experimentais em alimentação e nutrição.

Quais os motivos mais comuns para se consultar com um nutricionista?

Avaliação nutricional – o nutricionista pode solicitar exames necessários à avaliação nutricional para poder prescrever a dieta mais adequada para os objetivos dos pacientes e a promoção da saúde, bem como para acompanhar a evolução nutricional deles visando a uma melhor qualidade de vida.

Prescrição de dieta específica – é atribuição do nutricionista a montagem de um cardápio individualizado levando em conta as condições de saúde, os hábitos alimentares e o estilo de vida da pessoa. Isso pode ser feito, por exemplo, em função de questões alimentares relacionadas a alguma condição de saúde ou para a adoção de um estio de alimentação restritivo, como vegetarianismo ou veganismo;

Reeducação alimentar e controle da alimentação – o nutricionista é o profissional mais indicado para cuidar dessas situações, seja em função de problemas de saúde ou de treinamentos físicos, por exemplo;

Controle de peso – o nutricionista também pode elaborar um programa dietético voltado para diminuição, aumento ou manutenção do peso.

Nutricionista X nutrólogo – quais são as diferenças entre eles?

Tanto o nutricionista quanto o nutrólogo tem um papel importante na busca por uma alimentação mais equilibrada e saudável, que seja capaz de suprir as necessidades nutricionais de cada pessoa. Apesar de pertencerem a campos de atuação com enfoques diferentes, os dois profissionais, muitas vezes, acabam trabalhando em parceria. Um atendimento não exclui o outro, muito pelo contrário, em diversas vezes eles se complementam.

Nutricionista – coleta e avalia informações sobre os hábitos e preferências alimentares da pessoa, assim como sobre as condições de saúde dela para formular cardápios saudáveis visando à promoção da saúde. Dependendo do caso, pode prescrever suplementação alimentar para alcançar objetivos específicos. Se o profissional de nutrição avaliar que é necessário investigar possíveis problemas de saúde da pessoa, ele pode encaminhá-la para um médico.

Nutrólogo – é um médico especializado em nutrologia. A formação em medicina dura,  no mínimo, seis anos, sendo necessário cursar uma residência médica ou pós-graduação em nutrologia por mais dois anos. A função desse médico especialista é avaliar a saúde da pessoa por meio de exames e orientá-lo a buscar uma melhora na ingestão de nutrientes. O profissional também pode solicitar exames específicos para diagnosticar transtornos, doenças ou distúrbios relacionados à alimentação.

Referências



Clique aqui e pegue seu
cupom de desconto

Produtos relacionados

Posts relacionados

Política de Cookies
Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja nossa Política.

Prosseguir Negar
''