Buscar
Cultive Seu Melhor

Qual a relação do humor com o intestino?

Qual a relação do humor com o intestino?

Não é à toa que o intestino é chamado de “o segundo cérebro”. O órgão é revestido com mais de 100 milhões de células nervosas, uma quantidade maior que a presente na medula espinhal ou no sistema nervoso periférico. É por isso que o funcionamento do intestino tem relação com as emoções que sentimos. Um exemplo é a dor de barriga que tantas pessoas experimentam ao passar por uma situação de estresse ou ansiedade. Continue a leitura e entenda como a relação do humor com o intestino se manifesta.

O que é microbiota e como ela atua no organismo?

Popularmente conhecida como “flora intestinal”, a microbiota é um sistema complexo formado por diferentes espécies de micro-organismos que vivem no intestino. A formação da microbiota nos seres humanos começa antes mesmo do nascimento, já que a mãe tem influência nas características que serão passadas à microbiota da criança.

As bactérias que formam a microbiota contribuem para os seguintes processos do nosso organismo:

  • Digestão dos alimentos;
  • Produção de vitaminas;
  • Proteção do trato gastrointestinal, dificultando a colonização de bactérias nocivas para o corpo;

Ter uma rotina com hábitos saudáveis – como uma alimentação rica em frutas, verduras e legumes, além da prática frequente de exercícios físicos – tem o poder de alterar a composição da microbiota, deixando-a mais saudável e funcional.

Relação do humor com o intestino – como a microbiota pode afetar as emoções?

A absorção de um aminoácido chamado triptofano pode ser facilitada ou dificultada, devido à interferência da microbiota. Por meio do triptofano, o sistema gastrointestinal produz serotonina, neurotransmissor ligado ao bem-estar.

Como as emoções podem afetar o funcionamento do intestino?

Pesquisas apontam que os efeitos das bactérias no sistema gastrointestinal enviam sinais para o sistema nervoso central, criando uma ligação entre o intestino e o cérebro. Isso pode explicar algumas conexões conhecidas entre condições gastrointestinais e transtornos emocionais. Por exemplo, observa-se que há uma correlação entre síndrome do intestino irritável com depressão e/ou ansiedade.

O que são probióticos e como eles podem contribuir para o bom funcionamento do intestino?

Os probióticos contribuem diretamente para a saúde e melhor funcionamento da flora intestinal. Eles são micro-organismos vivos, também chamados de “bactérias boas”, que tem o poder de contribuir para deixar o corpo mais saudável por ajudarem o intestino a funcionar da melhor forma possível.

Se a microbiota está desequilibrada, o intestino pode acabar sendo ocupado por grupos de bactérias ruins, o que prejudica o sistema imunológico, deixando o organismo mais suscetível a doenças, como infecções do trato digestivo. Ao interagir com a microbiota, as bactérias probióticas “competem” com as bactérias ruins por espaço na mucosa gastrointestinal, formando uma espécie de barreira protetora.

Os probióticos podem ser ingeridos pelo uso de suplementos com as cepas de bactérias probióticas. Geralmente, eles podem ser encontrados de forma concentrada, em pó, cápsulas ou comprimidos. A dose varia de acordo com o tipo de bactéria, a indicação e idade da pessoa que irá consumir o probiótico. Para saber qual é a dosagem ideal para você, consulte um profissional de saúde.  

Referências



Clique aqui e pegue seu
cupom de desconto

Produtos relacionados

Posts relacionados

Política de Cookies
Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e veja nossa Política.

Prosseguir Negar
''